Não, o jeito certo de escrever é bem usado. Separado e sem hífen.

O motivo é simples: bem não é simplesmente um prefixo como “pré-“, “auto-” ou “anti-“, mas uma palavra independente, da classe dos advérbios.

Acontece muito quando enviamos um e-mail:

1. O documento segue em anexo

2. As fotos estão no anexo.

3. A foto está anexa.

Qual o jeito certo de usar? É bem simples.

Anexo é um adjetivo, portanto, ele deve combinar com o nome ao qual se refere. Assim, das frases acima, apenas a número 3 está correta, do ponto de vista da língua padrão.

Na número 1 é usada a expressão “em anexo” que, apesar de bastante usada, não é da índole portuguesa, já que é formada por uma preposição seguida de um adjetivo.

Na número 2 o adjetivo anexo é usado como se fosse um substantivo.

A número 3 está certa, pois anexa concorda com o substantivo foto.

Mais exemplos de uso correto:

Os documentos seguem anexos.

A nota fiscal remeto anexa.

Uma dúvida bastante comum que vejo por aí é quanto ao uso do advérbio meio e do adjetivo meia.

Como não confundir? É bem simples: meio = mais ou menos; meia =  metade.

É só substituir. Veja:

Meio-dia e mais ou menos.

Meio-dia e metade [da hora].

Assim fica claro que a forma certa é Meio-dia e meia, já que esse meia refere-se à metade de uma hora.

Você anda com problemas ao escrever e-mails no trabalho ou para a família? Aqui estão 6 passos que vão ajudar na hora de mandar aquela mensagem importante, sem ser mal entendido.

1. Escreva e-mails curtos

Deixe seu e-mail tão curto quanto for possível. Escrever um e-mail longo é o caminho pra que duas coisas aconteçam:

  1. Você nunca receba uma resposta pois…
  2. seu e-mail nunca será lido.

A rapidez com que digitamos faz com que seja fácil demais escrever uma longa e cansativa mensagem para outra pessoa. Se você tivesse que escrever e-mails à mão, seria muito mais suscinto. Reduza seu e-mail para o que for essencial. Claro, isso é mais difícil do que você pensa; uma vez Abraham Lincoln disse:

Eu não tive tempo para escrever uma carta mais curta, ao invés disso eu escrevi uma longa.

2. Limite o e-mail a apenas um assunto

Nunca escreva um e-mail que fale sobre vários assuntos. Se você quer uma resposta, você tem que fazer com que essa seja uma tarefa fácil para a outra pessoa — a melhor maneira de fazer isso é não sobrecarregá-la com um monte de coisas.

Se você tiver vários assuntos não relacionados para falar, a melhor maneira é enviar vários e-mails separados.

3. Escreva e-mails claros

É muito fácil de interpretar e-mails do jeito errado. Por isso, tenha certeza de que seu e-mail é tão claro, direto e fácil de entender quanto possível. Isso significa evitar abreviações, tomar cuidado com a gramática, entre outros. Isso pode parecer chato, mas tomar cuidado com esses detalhes pode fazer grande diferença (ainda mais se você estiver escrevendo para seu chefe!).

A parte mais difícil é ter certeza de que você está explicando exatamente o que você pensa. É muito fácil esquecer de que o conhecimento que você tem não é o mesmo que a outra pessoa tem. Antes de escrever o e-mail, coloque-se no lugar do outro — pense sobre a melhor forma de explicar aquilo para alguém que não está tão familiarizado com aquele assunto quanto você.

Quando responder um e-mail, mantenha o texto original ao qual você está respondendo, isso ajuda a tornar as coisas claras.

4. Informe exatamente o que você quer

Se você quer que algo seja feito, peça. Termine cada e-mail como se fosse o item de uma lista que você precisa. Não force a outra pessoa a ficar procurando no meio dos seus parágrafos sobre as coisas que ela deve fazer. Um exemplo, você escreve o e-mail, e no final diz:

Resumindo, eu preciso disso:

  • Arrume as gavetas do escritório
  • Ligue para o serviço de limpeza

5. Escreva o assunto depois de terminar o e-mail

O assunto costuma ser uma parte negligenciada nos e-mails. Geralmente é a primeira coisa que você escreve, antes mesmo de você saber exatamente sobre o que falará a mensagem. É por isso que geralmente os assuntos são vagos ou inúteis, como “Oi” ou “Bom dia!”.

Escreva a mensagem para saber exatamente do que se trata, só então volte lá em cima e escreva o assunto do e-mail.

6. O(s) destinatário(s) é a última coisa que você deve escrever

Ao esperar até o último momento para escrever o destinatário você se previne do embaraço de enviar um e-mail pela metade ou de falar coisas que não deve para pessoas que não deve. Isso é importante especialmente quando há algum tipo de reclamação no corpo da sua mensagem.

Exemplo de e-mail mal escrito:

Assunto: Ei!
Lembra daquilo que falamos outro dia?  Eu preciso saber mais coisas pra fazer aquilo, o que você acha do novo lugar?

Esse é um e-mail terrível. O assunto não dá indicação sobre o que está escrito. A mensagem assume que a outra pessoa lembra o que foi conversado anteriormente, combina dois tópicos diferentes e ainda termina com uma pergunta mal feita.

Vamos ver uma forma de melhorar essa mensagem, tornando-a clara, precisa e informativa.

Assunto: Re: Novo local para o seminário – sobre o que falamos ontem sobre a mudança do lugar para o seminário de 30 de agosto.

Você poderia dizer-me, por favor:

  • O nome e o endereço do novo local
  • Você acha que o espaço é adequado para 500 pessoas?

Esse está muito melhor. O assunto lembra a outra pessoa sobre o que foi falado e a mensagem diz exatamente o que precisa, de forma clara e direta.

Antes de começar o Português? É fácil! eu já tinha outro blog: o Lendo.org. Ao longo do tempo, escrevi vários textos por lá que podem ajudar a melhorar sua escrita.

Quer aprender ainda mais sobre como escrever melhor? Invista em sua carreira e faça o curso online de Redação e Escrita, um dos melhores do Brasil!

Para quem não conhece, aqui vai a lista com os links para os textos:

  • 27 dicas para escrever bem: Bem conhecidas pela internet, essas dicas usam o recurso da contradição para causar efeito. É muito engraçado e instrutivo.
  • 15 exercícios para melhorar sua escrita: A escrita não é um dom divino. Para melhorar é preciso praticar. Aqui tem alguns exercícios bem interessantes.
  • 12 exercícios para melhorar seus diálogos: Mais exercícos, esses para melhorar os diálogos entre os personagens da sua história.
  • Como escrever e pensar com maior clareza e aprender mais facilmente: Para escrever bem, é preciso pensar bem. Mas como organizar suas idéias?
  • O Processo de Escrita: Planejamento: Aprenda a planejar seu texto antes de começar escrever.
  • O Processo de Escrita: Rascunho: Como escrever o primeiro rascunho de uma idéia.
  • O Processo de Escrita: Revisão: Como revisar seu texto e eliminar erros básicos.
  • O Processo de Escrita: Edição: A edição envolve principalmente os aspectos estéticos do texto — tipo de fonte, cores, etc.
  • Como escrever uma resenha: A clássica resenha, sempre pedida na faculdade, mas sem nenhuma instrução sobre como escrevê-la. Esse texto é referência.
  • As 4 qualidades essenciais de um texto: As 4 qualidades que todo texto deve ter para ser considerado bom.
  • 16 conselhos Borgeanos sobre como NÃO escrever: O grande escritor Jorge Luis Borges dá valiosos conselhos que devemos evitar na hora de escrever.
  • 10 formas de escrever um primeiro parágrafo sedutor: O primeiro parágrafo é o seu cartão de visitas. É muito fácil perder um leitor por causa de um início de texto ruim. Aprenda a evitar isso.
  • Como escrever um conto: O conto é um dos gêneros literários mais difíceis, segundo vários autores. Aqui você encontra algumas dicas sobre como escrevê-lo.
  • Como escrever argumentos fortes: Uma teoria interessante sobre os níveis de argumentação, muito válida tanto para textos quanto para fala.
  • Verbos no infinitivo e pronomes átonos: como acentuar?: Uma regra de acentuação bem útil para não errar mais nos casos de “ajudá-lo”, “mantê-lo” ou “bani-lo”.
Quer receber mais dicas de português e ainda meu livro
Como Escrever com Clareza?
Deixe seu e-mail abaixo:
Maravilha!
Verifique seu e-mail agora
Fechar

Chega de passar vergonha com ERROS DE PORTUGUÊS

Receba as dicas e macetes do prof. André Gazola em seu e-mail e nunca mais seja "O ANALFABETO" entre seus amigos.

Seu e-mail nunca será divulgado