Moderna Gramática Portuguesa, Evanildo Bechara – Atualizada conforme o Acordo Ortográfico

Escrito por em Gramática

Em um artigo anterior sobre indicações de gramáticas da língua portuguesa, muita gente perguntou se já havia alguma gramática que incorporasse as novas regras estabelecidas pelo Acordo ou Reforma Ortográfica.

Naquele momento, ainda não havia nenhuma gramática atualizada, mas agora acaba de ser lançada a Moderna Gramática Portuguesa, de Evanildo Bechara, atualizada pelo novo Acordo Ortográfico.

Essa ótima obra, que traz toda a credibilidade do professor Evanildo Bechara, um dos maiores especialistas do português, já está na sua 37ª edição e é hoje a mais completa da língua portuguesa. Ela é reconhecida no Brasil e no exterior desde a sua primeira edição e sem dúvida é a gramática mais indicada para estudantes a partir do ensino médio e para quem vai prestar concursos e precisa de uma boa gramática atualizada.
Gramática atualizada - Acordo Ortográfico

  • Compre agora a Moderna Gramática da Língua Portuguesa (aprox. R$64)

Alguns dados técnicos:

  • Editora: Nova Fronteira
  • Autor: Evanildo Bechara
  • Número de páginas: 672
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio

Você gostou deste post?

Vai fazer Concurso? Prepare-se com nossos cursos!


79 respostas

  • Marcus

    Já havia a gramática do Celso Cunha e Lindley Cintra, não? A quinta edição já é atualizada. Comprei há mais ou menos 1 mês.

  • Telma

    Tenho alguns exemplares de seus livros, e estou anciosa por obter o mais rápido possível em minhas mãos , para assim degusta-la visualmente.
    Sua ex- aluna F.T.E.S. Telma

  • Você sabe que eu detesto discordar de você, meu amigo, mas perdão, não consigo assinar embaixo da credibilidade nem da qualidade do trabalho do Bechara. Ele a cada dia tem provado sua incompetência, descaso com a língua portuguesa e o mais puro interesse financeiro no acordo.
    Desculpe-me invadir seu artigo para isso, mas é só minha opinião a respeito de quem teve nas mãos a oportunidade de defender nossa língua e aproveitou-a em benefício próprio.

    Grande abraço,

    Pablo.

  • Bem, discordo do Pablo. Evanildo Bechara é o maior conhecedor da língua portuguesa, ele não é simplesmente um gramático é um filólogo e acadêmico. Chegar a um lugar assim, não é para qualquer um.
    Sobre o site: gostei bastante dos artigos, dicas. Enfim, estás fazendo um ótimo trabalho prof. André. Abraço

  • Meu amigo Pablo, não se acanhe quando tiver que discordar de qualquer coisa por aqui; pelo contrário, é esse tipo de crítica que nos faz bem :-)

    Esses dias eu estava realmente discutindo essa história de que o Bechara deve estar ganhando uma nota com esse Acordo Ortográfico através dos tantos livros que ele publicou baseado nesse “mote”.

    Quanto à qualidade, bem, eu como mero estudante de Letras ainda não tive a oportunidade (e talvez nem a capacidade) de avaliar isso nos trabalhos dele, mas vou ter um olhar mais crítico a partir de agora.

    Muito obrigado Pablo!
    Grande abraço.

  • Falo mesmo como ex-fã do Bechara. Hoje prefiro confiar em nomes talvez não tão capacitados quanto ele, mas que aparentemente têm o interesse de promover nossa língua, em vez de se promover.

    Abração,

    Pablo.

  • Essa grámática tem gabarito nos exercícios?

  • Júlio César

    Discordo plenamente do Pablo, pois o Professor Evanildo Bechara não assinou o acordo por interesse financeiro, mas sim para unificar a Língua Portuguesa nos países lusófonos para que com isso possamos comprar livros fabricados lá em Portugal. Isso que você disse pode ser uma desculpa sua por não conseguir se adaptar à nova reforma ortográfica.

  • sarah santhos

    coloqwe mais qwestoes especificas para concursos publicos

  • joanice pereira lima

    estou gostando do novo acordo ortográfico.e estou sempre de olho nas regras.

  • Marcos Antonio

    Eu como leitor discordo do Pablo pois o escritor em questão é ótimo e jamais iria querer se promover as custas da nossa gramática.

  • Aline

    Olá Amigos,
    Desculpe invadir o espaço aqui, mas acredito ter um pouco mais de critério para falar sobre gramáticas pois sou da área de Letras.
    Seguinte: este livro é interessante para quem é da LETRAS e não para alunos de ensino médio e concurseiros. Essa gramática é complicada demais para quem não tem preparo específico para entendê-la. Bechara cita fenômenos liguísticos e os descreve baseando-se em liguístas estrangeiros. Os alunos definitivamente NÃO PRECISAM DISSO. Para concurseiros e alunos do ensino médio adquiram a gramática escolar, a preta, do mesmo autor.
    DEIXEM A COMPLICAÇÃO PARA QUEM FAZ LETRAS!
    Desculpem-me pelas letras em caixa alta, mas assustei com alguns comentários e resolvi prestar os devidos esclarecimentos.
    Um amplexo! o/

  • Aline

    E uma outra observação a fazer: Bechara foi CONTRA o acordo ortográfico.

  • Xande B

    Aline, me tire só mais uma dúvida se possível! Essa “Gramática Escolar da Língua Portuguesa” que você indicou para quem cursa ensino médio e quer estudar pra concurso… Já está atualizada com o novo acordo ortográfico? Realmente tenho interesse numa gramática com esse perfil, mas preciso de uma com o novo acordo..

    Att,

    Xande B.

  • Nilda

    Prof. André sou concurseira e gostaria de saber sua opinião sobre a gramática do Cegalla, tenho que comprar uma gramática atualizada e estou em dúvida entre ela e a do Bechara.

  • Masé

    Acho a gramática de Bechara superior a todas as outras que conheço

  • Camila

    é verdade oq a aline falou… o bechara foi totalmente CONTRA o acordo ortográfico!! recentemente ele deu uma palestra lá na faculdade e deixou isso mt claro!!!

  • Regina Santos

    Galera,

    desculpe-me a invasão. Parabéns a todos vcs pelos comentários e pela franqueza de cada um, pois estou iniciando um estudo gramatical e entrei neste site procurando uma gramática que atendesse minhas espectativas e deficiencia gramatical. Agradeço a vcs se me dessem algumas dicas de qual gramática comprar.

  • José Ferreira Gois

    Duvido que outro gramático atinja com tanta clareza e precisão a compreensão de milhares de alunos e estudiosos da nossa lingua como o Prof. Bechara. Não é à toa que ele chegou na Academia. Aliás, além de acadêmico ele é filólogo e o seu poder de resumo no ensino da nossa lingua é reaalmente fantástico.Quanto ao interesse financeiro de que falouo Pablo, é querer ser mais realistga que o Rei. Estou à procura da gramática do Ba. cep.48.970.000

  • Felisbela Ferreira Salvino

    Desejo receber a gramática do professor de Ensino Médio com a nova versão ortográfica,pois sou professora.

  • Mafran

    Respeito a opinião de todos que deixaram comentários aqui, mas me sinto na obrigação de enfatizar alguns cometários aqui presentes: Evanildo Bechara, depois de Machado de Assis, adquiriu o título de “mestre dos mestres”, não é a toa. Evanido é culto e tem esse dom de passar para nós, admiradores da Lingua Portuguesa, um resumo bem qualificado sobre tudo do nosso complexo português.

  • Mariah Helena Beatriz

    Quem eh mesmo esse tal de Ivanildo??
    Já publicou algum livro de gramática?? Qual?? se possivel gostaria de ter acesso.
    Abraços!!

  • Regiane Salazar Correa

    Sem dúvidas a gramática do Professor Bechara é bastante interessante,capaz de sanar qualquer incompreensão por meio de nossas incertezas,levando consigo fatores altamente legitimados perante a conduta humana,se estais precisando entender a respeito do que a maioria das pessoas tecem comentários dessa gramática então precisas conhecer o objeto de estudo do mesmo e o que o faz tornar-se diferente de todos os demais autores.

  • Gslenilda

    Concordo com a opinião da Aline dada em 03/11/09 sobre a referida Gramática, sou concurseira e comprei a Gramática do Prof. Bechara, me decepcionei muito, ela parece ser realmente muito boa pra quem é da Letras mas não achei nem um pouco didática pra concurso. No outro dia fui troquei pela do Cegalla.

  • Alessandra

    Preciso de AJUDA! Estou precisando de um bom( e prático) livro de gramática, pois preciso recordar e atualizar meus conhecimentos. Estive procurando pelo Gramática 44lições, que usei(melhor não colocar data…) e era muito prático, porém acho que ainda não está de acordo com a reforma ortográfica(só achei edição de 2007). Tenho um filho em idade escolar e sempre preciso auxiliá-lo nas lições de casa, e preciso de algo prático e que seja a mais que os livros didáticos do ensino fundamental.

  • Acássio Veríssimo Costa

    Sou aluno do curso de Letras da UESC(Universidade Estadual de Santa Cruz),no sul da Bahia e gostaria de parabenizar o criador deste blog.Faço isso por cursar a faculdade no sistema ead e recentemente estava eu a estudar a matéria Tecnologias da Informação no Ensino de Línguas(Tic’s) e precisava pesquisar sobre blog,pois precisava criar um como atividade da matéria e entender como podemos aplicar essa nova Tic’s para o ensino de Línguas.E para a minha surpresa encontrei tudo que estava precisando, descobrindo a utilidade que uma ferramenta como essa pode ter no ensino não só de Línguas ,mas para outras finalidades dentro do contexto educacional.Digo isso,pois sabemos que muitos são usados com finalidades não muito claras e sem nenhuma responsabilidade com o uso da informação contida neles.
    Reavivo as minhas felicitações e a ajuda dada a mim enquanto aluno;declaro o meu respeito a todos que colaboram com esse projeto.Adorei a indicação da gramática de Bechara,pois estávamos todos necessitando, na minha turma, de uma boa gramática e chegamos a conclusão que vamos adotá-la para os nossos estudos.Fiquem na certeza de que conquistaram um grande fã.Abraços!

  • Maria Elizabete do Nascimento

    Oi adoro português não sei muito, quer dizer não sei. fiquei sabendo do trabalho de Bechara através de minha professora do cursinho premium aqui
    em Natal/ Rn. Séfora o nome dela, ela fala dele de uma forma apaixonante.
    Gostaria de ganhar um exemplar, pois tenho filhos no ensino médio e fundamental , preciso ajuda los.Se possível obrigado

  • Maria Elizabete do Nascimento

    Oi adoro português não sei muito, quer dizer não sei. fiquei sabendo do trabalho de Bechara através de minha professora do cursinho premium aqui
    em Natal/ Rn. Séfora o nome dela, ela fala dele de uma forma apaixonante.
    Gostaria de ganhar um exemplar, pois tenho filhos no ensino médio e fundamental , preciso ajuda los.Se possível obrigado. cep.59 129 430

  • cristiane

    estou procurando a grámatica da capa preta, q é mais antiga. aguardo resposta onde eu encontro, por favor ??

  • Soraya

    Pessoal, estou pesquisando uma boa gramática para concursos. Equivocadamente comprei a do Celso Cunha. Digo isso, pois achei muito complexa para estudar para concurso. A última indicação que recebi foi a do Ernani Pimentel. Alguém conhece? Podem indicar uma gramatica boa para estudar para concursos?
    Obrigada!

  • Emiliana

    estou procurando a gramática moderna de capa branca.Aguardo resposta onde eu encontro, por favor !!!

  • JOSUÉ QUITÉRIA DOS SANTOS

    Eu não me adéquo – esta frase está errada?

    pois seguindo o linguístico Eugênio Coseriu há três tipos de língua: diastrática, diafásica e diatópica. Inclusive, ele faz esta divisão, quando ele faz uma crítica a Saussure.
    esta frase não estaria dentro da diastrática que por sua vez encontra-se na forma coloquial; ou não?

  • vapor

    espero que continuem assim.

  • cheila medeiros

    A obra Moderna Gramática da língua portuguesa é extremamente importante para aqueles que precisam compreender fenômenos linguísticos não analisados em gramáticas tradicionais.Os acadêmicos do curso de Letras do país é que atingem tal compreensão e pessoas que estudam intensamente nossa língua.Parabenizo o Sr Bechara por nos presentear com a referida obra. Um abraço cheila

  • Jota

    Como devo usar o primeiro dia do mês, 1º ou 1 nos documentos, cheques, etc?

  • Sandra Silva

    Quero comprar: a Moderna Gramática Portuguesa, Evanildo Bechara – Atualizada conforme o Acordo OrtográficoPublicado por Prof. André.

    Por fa vor me ajude , informe-me onde encontra-la!!!!!!!!! Em qual livraria>>>>>> ou ate mesmo em São Luís -MA.

  • Lourdes

    Gostaria de saber se essa gramática tem gabarito dos exercícios?

  • Euripedes da Silva Miguel.

    Hei! pessoal! a gramática do Bechara citada anteriormente é estudada no curso de Letras, dentre obras de outros autores. Já a do Cegalla é gramática didática. Todas são excelentes para quem gosta de pensar, pesquisar,comparar e analisar.Como diz o Zé de lá: eta trem baaaaau.

  • FERNANDA ROSENDO

    OLÁ PARA TODOS(AS). GOSTARIA QUE ALGUÉM ME RESPONDESSE ESTA PERGUNTA: FAZ POUCO TEMPO QUE ENTREI NA UNIVERSIDADE, ONDE FAÇO O CURSO DE LETRAS VERNÁCULAS E ESTOU PRECISANDO DE UMA GRAMÁTICA, PORÉM ESTOU COM UMA DÚVIDA: QUE GRAMÁTICA DEVO COMPRAR A ESCOLAR OU A MODERNA(OBS.: TENHO DIFICULDADES COM A GRAMÁTICA E QUERO UM MATERIAL QUE FACILITE O MEU APRENDIZADO) GRATA PELA ATENÇÃO. POR FAVOR, ALGUÉM ME AJUDE A SOLUCIONAR ESTE PROBLEMA.

  • FERNANDA ROSENDO

    QUAL A MELHOR GRAMÁTICA PARA QUEM TEM DIFICULDADES COM A MESMA?. ( INDEPENDENTE DO AUTOR)

  • Sibelle Barcelos

    Boa noite. Adquiri a Moderna Gramática Portuguesa do Evanildo Bechara, 17 edição atualizada, mas não consigo achar a matéria relativa à crase. Alguém pode me ajudar?

  • Saulo

    Sempre tive vontade de me expressar melhor. Também sempre desprezei todos os livros de português, porque sempre achei-os muito chatos. Hoje folheiei a Gramática do Prof. Bechara na livraria e rapidamente vim procurar alguma referência na internet. Sinto-me no dever de informar que estou aguardando ansiosamente chegar a segunda-feira para poder aguardar a livraria abrir e adquirir um exemplar que irei consultar com MUITO PRAZER. Achei simplesmente espetacular.

  • Bruno Bastos

    Prezados, o professor Bechara lançou também – e mais recentemente – a Gramática Escolar da Língua Portuguesa

    A Gramática Escolar da Língua Portuguesa visa preparar o leitor para utilizar com eficiência e correção, falando ou escrevendo, esse instrumento maravilhoso e fundamental de comunicação, a linguagem humana. Com exercícios de fixação dos conceitos apresentados na parte teórica, um capítulo especial sobre compreensão e interpretação de textos e, no final da obra, encontra-se um índice de assuntos, para auxiliar a consulta dos leitores.

    * Editora: Nova Fronteira
    * Autor: EVANILDO BECHARA
    * ISBN: 9788520921456
    * Origem: Nacional
    * Ano: 2010
    * Edição: 2
    * Número de páginas: 720
    * Acabamento: Brochura
    * Formato: Médio

  • ANGELICA FARIAS

    OLÁ, GOSTARIA QUE ME INDICASSEM UMA GRAMÁTICA; POIS ESTOU ME PREPARANDO PARA PRESTAR CONCURSO. OBRIGADA!

  • marilia

    Acho a gramática muito complicada porque a nossa lingua não deixa de ser
    Mas Bechara vem nos socorrer muitas vezes nas aflições mais diversas
    Quando tenho uma grande duvida em questão é pra lá que vou em busca de socorro.
    Sou estudante de letras e a lingua portuguesa me facina de tal maneira q fico lisongeada de poder falar de um gramático de nome como Bechara
    Se promovendo ou não ele faz um trabalho muito bem.

  • Cris Antunes

    Olá! Penso que, diante da discussão que se elabora em torno da qualidade ou não de Bechara, uma coisa é certa: cada um vai considerar mais interessante o que melhor aprouver à sua área de interesses.

  • Maria J.

    Pessoal, eu gostei muito do livro do Renato aquino. Tem muitas questões comentadas. Porém, pouca teoria. Ele foca bastante questões para concursos, mas fiquei satisfeito. Só não sei se ele tem já o livro com o novo acordo ortográfico. Mas estou fazendo uma pesquisa e tem muitos outros autores bons como Décio Sena, mas ainda estou pesquisando, quando terminar a mesma posto aqui. Realemente este do Bechara parece ser mais dificultoso para quem não é específico da área de letras. Abraço!

  • Maria J.

    Outro que vi bons comentários sobre é do Joao Bolognesi. Também já com o novo acordo ortográfico, tanto este autor quanto o Renato Aquino vão direto ao ponto e não se aprofundam muito em teorias gramaticais. Acho isso essencial para concurseiros no geral.

  • Flavia

    Olá,sempre tive problemas com nossa língua, muitas dúvidas e como faço Direito estou fazendo um curso de português, por isso gostaria de uma indicação de uma gramática que seja fácil, em que qualquer mortal como eu consiga ler e entender…

  • Magno

    Gostaria de encontrar a gramática do professor (aquela com respostas) que trabalhamos no E.F. e M, mas atualizada com o novo acordo ortografico. Quem souber me envie email. Obrigadu…

  • Flavia

    E o Hernani Terra?As questões têm gabarito?Alguém já viu é didádica para iniciantes?

  • Júlio César

    Tenho catorze anos e comprei em 2010 a gramática moderna do Bechara para ajudar-me no preparo para a prova do ifpe (antigo cefet). O único problema foi a ausência de exercícios, o que me levou a comprar uma gramática de exercícios. Obtive êxito na prova e adorei a gramática. Porem sua didática (não muito boa para concursos) levanta a dúvida: o que comprar para concursos? Apesar de minha pouca idade, considero-me com experiência para comprar gramáticas, pois tenho uma verdadeira coleção em casa. Para concursos, recomendo as gramáticas de Renato Arquino (para iniciantes) e de Marcelo Rosenthal. Ambas têm ricos exercícios com gabarito e a do Marcelo tem uma teoria mais completa e também muito direta. Se estais no ensino médio, ou preferes uma gramática que contextualize os assuntos de maneira completa e didática, recomendo a gramática de Roberto Melo Mesquita. Ela contém vários textos onde são aplicados os conteúdos, é bastante completa, além dos exercícios, exercícios com texto e exercícios de vestibulares. Seu único problema é a ausência de gabaritos. Espero ter ajudado. Abraço e boa sorte nos concursos.

  • Diogo Novaes

    A quem possa interessar;

    A constituição brasileira nos garante, em princípio, liberdade de pensamento e expressão. Assim, segue o meu ponto de vista, aliás, “todo ponto de vista é a vista de um ponto”.
    A primeira gramática que se tem registro, surgiu na Índia, quando os religiosos, preocupados com as mudanças no Sânscrito, decidiram compilar a primeira gramática e dicionário da língua em questão, visando manter a interpretação dos textos religiosos. As vezes as pessoas menos afeitas aos estudos linguísticos se esquecem do impacto sociolinguistico da “reforma ortográfica” e, também, não se lembram das discussões em torno da cientificidade de uma gramática.
    Uma condição fundamental para a sistematização de um saber é que determinado fato se repita, mas, com relação à língua, o que se percebe é uma repetição diferencial, afinal, cada falante possui, desde a constituição de sua persolanidade, dentre outras coisas, pela e na linguagem, uma relação diferente com a língua.
    Chomsky, ao lidar com a noção de falante ideal, exclui o falante real, que, não é senhor de sua própria língua. Freud em seus estudos, já demonstrava que um ato falho, ou seja, troca “equivocada” de uma palavra por outra, funcionava em relação com os conteúdos inconsciente. Os casos de psicose (sobre os mesmos, recomento o vídeo chamado “Estamira”, que pode ser encontrado no youtube) nos mostram que o funcionamento da língua é singular, em qualquer pessoa e, que toda tentativa de sistematização, esbarra na constituição de cada sujeito e sua relação com a linguagem.
    Assim, qualquer gramática nos apresenta um imaginário sobre uma língua, no sentido que a teoria é uma possibilidade para a prática, mas, não uma coincidência absoluta. Quando alguém diz que aprendemos uma língua materna com professor, ou, na escola, acho interessante que os pais não ensinam gramática aos seus filhos, afinal, somos capturados pela lingua(gem) durante nossa constituição.
    Enfim, se a gramática é uma verdade sobre a língua, qual dos gramáticos tem razão? ainda sobre esse ponto, porque uma gramática aborda determinadas questões e outras não? e porque até o gramático fala ou escreve errado, se ele não é exímio conhecedor de uma língua? Quem manda na língua – gramático ou os milhares de falantes?
    A gramática também se sustenta como meio de exclusão social e se firma com base na fala das elites! Infelizmente, nossos livros didáticos e muitas pessoas tidas como conhecedoras sobre línguas, estão ainda, pautadas por aquilo que Saussure chama de segunda fase da linguistica, ou seja, a gramática, que antecede a linguística.
    Jacques Lacan e Milner, colocam em pauta, dentre vários problemas para a relação entre constituição de um saber e a língua que, o pesquisador da mesma usa o objeto de estudos também como meio de descrição, sendo essa relação de desdobramento, uma via de fracasso, afinal, falar sobre a fala, ou seja, produzir metalinguagem, é tentar descrever um objeto por ele mesmo.
    Enfim, é um absurdo o espaço que esse novo acordo ortográfico tomou em nossa sociedade, diante da grave situação de leitura e interpretação da maioria dos alunos (para não incluir adultos) em nossa sociedade. Há coisas muito importantes a serem pensadas, mas, dado à complexidade, muitos ainda preferem permanecer na querela do “serto” ou “erado”!

  • Rodrigo Gabrie Pereira Pinto

    tenho uma dúvida: a gramática é normativa ou descritiva?

    Valeu e aguardo resposta, grande abraço
    .

  • Alex

    Eu indico a gramática de Rocha lima!

  • TEREZINHA MOREIRA

    EU ESTOU QUERENDO E PRECISANDO URGENTE, COMPRAR UMA GRAMÁTICA, PRA EU ESTUDAR PARA CONCURSO E VESTIBULAR,PENSEI EM COMPRAR A DO BECHARA,MAS FIQUEI COM DUVIDAS QUANDO LI AS MENSAGENS DE TODOS VCS.GOSTARIA QUE VCS ME INDICASSE UMA BOA GRAMÁTICA VOLTADA PRA ESSE TIPO DE ESTUDOS.ESPERO ANSIOSA.

  • Artur dos Santos Saldanha

    Controvérsias à parte, a verdade é que a gramática é uma ciência complicada, mas não uma ciência exata. Os gramáticos têm conceitos idiossincráticos e divergentes, tanto que para vestibulares, concursos, etc., são indicados ou Cegala, ou Bechara, ou Rocha Lima. A preferência é indiferente, mas o propósito é evitar a dualidade de conceitos em determinadas matérias. Isso é constatação não é opinião.
    As edições gramaticais em geral são repetitivas, pouco, ou nada acrescentam em relação à lingüística. A matéria na qual eu posso aduzir, não só quanto à dissensão, a escassez do assunto, e a exploração do estudo, a mais de um século esquecido, em referência a diacronia da língua é a Versificação no campo fonético. Os conceitos são primários e desprezíveis para quem conhece a matéria.
    O que há de especial para os “literatos papagaios” é o novo acordo ortográfico, com a discrepância abissal em relação às mudanças do hífen, que seguramente é um ponto que não evoluiu, e que na verdade deveria ser extinto, a exemplo do trema, pela sua inutilidade no uso às palavras compostas. Visto que para destacá-las como palavras compostas, o HÍFEN subestima nossa capacidade de entendimento, por outro lado, devido as suas tantas regras e exceções acabam induzindo-nos a erros, aferindo um custo bem maior que o seu benefício.

  • Dioney Belem

    Este site é uma das ideias mais brilhantes que ja vi na net.A respeito da gramática do professor Ivanildo Bechara,ela é importantíssima para quem quer compreender as riquezas de nossa língua portuguesa.Então…,leia todas as gramaticas possiveis e depois faça suas comparações.Eu já estou fazendo isso e,esta sendo gratificante.

  • RAMON

    Mataram a língua portuguesa e junto os antigos escritores, não podemos ler mais Machado de Assís entre outros. O novo acordo ortográfico tirou nossas relíquias.

  • Roseane Ferreira

    Olá, gostaria de saber se essa gramática tem o gabarito dos exercícios. Ela é indicada para concurseiros?

  • josieli almeida

    pessoal adorei esse site e vcs?

  • Euripedes

    Para quem ama linguística, gramática e literatura, e neste caso, especificamente aquelas, sem negligenciar esta, o estudante não deve se deter em apenas uma obra, mas sim pesquisar várias e várias.
    Eu tenho essa obra do Bechara e a “Novissíma Gramática da Lìngua Portuguesa” do Cegalla. Sobre linguística: tenho obras de Ferdinand de Suassure e Mikhail bakhtin. Existem obras de Mattoso Camara JR e centenas de outras, de diversos autores que, devem ser analisadas e pesquisadas; são excelentes. Quanto mais obras estudadas melhor. Faça uma seleção e vá a luta até a morte ou até a vinda do Senhor Jesus Cristo. Bons estudos e fiquem com Deus.

  • Antonio Marinho Falcao Neto

    Formei-me Pedagogo Pleno em 2010 e necessito de uma gramática moderna principalmente com a parte da nossa nova ortografia com o proposito de dar aulas de reforço em casa no que concerne ao Estudo Fundamental I e II mais o Portugues Basico. Se possivel gostaria de ter o Prof. Dr Evanildo Bechara que é muito facil a sua didática principalmente ao ( já formados como eu ) que com 59 anos possuiria mais uma alternativa na area em que mais me interajo e mais gostaria de trabalhar.

    Att: Grato

    Antonio Marinho Falcão Neto.

  • Osvaldo

    Olá. Gostaria de saber se a Gramática Escolar da Língua portuguesa – Nova ortografia 2° ed do professor Evanildo Bechara possui resposta dos exercícios assim como na edição anterioramática de capa preta).
    Um abraço
    OSvaldo

  • mauricio

    Pessoal sou concurseiro e estou tentando estudar pela gramática escolar do Bechara.Essa obra é muito técnica ,não é nem um pouco didática e cita muitas teorias que só ajudam a dificultar o entendimento.Muitos temas aprendi mais rápido na internet ,que no citado livro.Definitivamente não serve para concurseiro.

  • Rodrigo

    Bom , discordâncisas a parte nos concurso já estão se exigindo as mudanças … e que vença o melhor.

  • Harlei Cursino Vieira

    Eu gosto muito das gramáticas escritas pelo Doutor em Língua Portuguesa Evanildo Bechara, mas a melhor é a gramática escolar da língua portuguesa, pois a matéria é mais fácil de se entender, pois trata-se mais de autores brasileiros com citações da gramática descritiva e da gramática normativa.

  • Olise Maria

    Gostaria de adquirir a referida gramatica volume manual do profeesor. Aguardo retorno com informação.

  • Fabio

    Estou na dúvida e preciso de ajuda. Que gramática eu devo comprar? Celso Cunha,Evanildo Bechara,Celso Pedro Luft ou alguém pode me indicar outra? Aguardo retorno dos colegas,abraço!

  • Miguel siqueira gardino

    Eu pesquisei gramática e gostei muido é muido legal de lingua pordugues.FIM

  • Diego Bastos

    Oi, Aline. Sou aluno de Direito e comprei duas gramáticas.
    Essa do Bechara e a do Eduardo Sabbag (totalmente voltada pro Direito).
    Gostaria de uma ajuda sua, pois me surpreendi com o altíssimo nível da gramática do Bechara, realmente fiquei um pouco constrangido, pois me vi numa situação muito inferior. Pois bem, gostaria de uma forcinha sua para me indicar livros complementares para que eu possa desfrutar dessa magnífica obra. Meu desejo sempre foi Letras, pois sempre gostei de escrever mas me apaixonei pelo Direito e vi o português é o meu braço Direito.

    Meu e-mail é dieguinh@hotmail.com e gostaria muito de receber um recado seu com algumas sugestões.

    Att., Diego Bastos

  • Euripedes da Silva MIguel

    A obra do Bechara é excelente, porém, ela é mais científica do que didática, ainda que seja essa última também. Não é a toa que ela é estudada também nos cursos de letras.
    Já a do Cegalla é didática mesmo. Tanto a desse como o daquele, com esforço e elucubração se dá para estudar sozinho, mas a do Cegalla é mais fácil sem dúvida alguma. Indico as obras dos dois autores.
    Vá a luta e vença com a ajuda de Deus. Fique com Ele.
    Um abraço.

  • antonio

    Alguns gramáticos, especialmente o Sacconi, ensinam que a palavra subsidiária a consoante “S” tem a sua pronúncia com o som de “c” e não de “z” . Todavia, lá no Sertão do Nordeste, especifimente em Pernambuco, aprendi que era com o som de “z”, já que a palavra é derivada do Latim. Gostaria de saber se alguém pode esclarecer essa dúvida. Obrigado.

  • Com relação às gramáticas, são importantes. Bechara, Celso Cunha, Rocha Lima, Luft, entre outros, são relevantes no estudo de nossa língua. Por isso, se o aluno quer desenvolver-se, não é recomendável ficar limitado a um autor, sendo concurseiro ou não. É isso.

    Josmar

  • Renato Antunes

    Ao lado de Napoleão Mendes de Almeida e Celso Cunha, Bechara integra o panteão dos maiores gramáticos da “última flor do Lácio”.

  • uarison

    sou estudante do ensino médio gostaria da opinião do professor para comprar uma excelente gramática.

  • Vanusia Sena

    Eu também curto uma boa gramatica, e gostaria de uma bem atualizada que tirasse as minhas dúvidas, tanto para concursos e vestibulares.

  • jefferson

    sinto-me impelido a expressar o que penso sobre certos linguistas sem diploma que saem rede à fora impondo pensamentos indignos de um estudante de letras . Como gramatico e cientista da língua e com muito prazer que venho ate esta dizer que; a gramática evoluindo no campo diplomático da língua portuguesa.

  • Harlei Cursino Vieira

    A Gramática Escolar da Língua Portuguesa é o melhor livro já escrito pelo Doutor Evanildo Bechara. É ótima para se estudar para concursos. É uma obra imortal da Academia Brasileira de Letras.



Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>