Empregar a vírgula é uma das dúvidas que mais atormenta aqueles que estão aprendendo português. Nunca se sabe ao certo quando usá-la ou não. Infelizmente, o ensino das escolas também não costuma ajudar, já que os professores costumam dar dicas como “Quando há pausa na fala, usa-se vírgula”, e isso não ajuda em nada, pois cada um de nós, dependendo da região em que nasceu ou da idade, faz pausas diferentes na hora de falar.

Então como estudar os usos da vírgula? Quais as regras? Enfim, como empregá-la corretamente? Essas são questões tratadas no texto Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples. Com ele você vai aprender de forma detalhada e descomplicada 4 casos em que a vírgula aparece:

  1. Na separação de elementos que você poderia listar.
  2. Na separação de explicações que estão no meio da frase.
  3. Na separação do lugar, tempo ou modo no início da frase.
  4. Na separação de orações independentes.

Leia o texto agora mesmo e nunca mais tenha dúvida na hora de fazer o uso correto dessa que é uma ferramenta essencial da língua portuguesa.

Tem gente que fala dos erros de português nesse tipo de placa. Eu prefiro prestar atenção na riqueza de possibilidades que o nosso português oferece.

Tudo bem, o post é pra rir mesmo :)

Placa com erros de português
Placa com erros de português
Placa com erros de português
Placa com erros de português
Placa com erros de português
Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

Placa com erros de português

A palavra proibido não tem acento.

Por ser uma paroxítona — isto é, a sílaba mais forte é a penúltima, “bi” — terminada em “o”, proibido não leva acento nenhum.

Não, o jeito certo de escrever é bem usado. Separado e sem hífen.

O motivo é simples: bem não é simplesmente um prefixo como “pré-”, “auto-” ou “anti-”, mas uma palavra independente, da classe dos advérbios.

Acontece muito quando enviamos um e-mail:

1. O documento segue em anexo

2. As fotos estão no anexo.

3. A foto está anexa.

Qual o jeito certo de usar? É bem simples.

Anexo é um adjetivo, portanto, ele deve combinar com o nome ao qual se refere. Assim, das frases acima, apenas a número 3 está correta, do ponto de vista da língua padrão.

Na número 1 é usada a expressão “em anexo” que, apesar de bastante usada, não é da índole portuguesa, já que é formada por uma preposição seguida de um adjetivo.

Na número 2 o adjetivo anexo é usado como se fosse um substantivo.

A número 3 está certa, pois anexa concorda com o substantivo foto.

Mais exemplos de uso correto:

Os documentos seguem anexos.

A nota fiscal remeto anexa.

Já ganhou seu livro?

Você já teve dúvidas na hora de escrever? Então essa é uma grande oportunidade de resolvê-las!

Veja o que você vai aprender com o livro Como Escrever com Clareza:

  • Conhecer seu leitor e criar um texto que atenda suas necessidades
  • Escolher as palavras certas para causar o efeito desejado
  • Estruturar seu texto para prender o leitor do início ao fim
Não, obrigado. Nunca cometo erros de escrita.

Cadastre-se e receba em instantes!

Seu e-mail não será divulgado.

Curso grátis: Novo Acordo Ortográfico

Receba atualizações do blog em seu e-mail e ainda aprenda tudo sobre as novas regras da Língua Portuguesa com o Curso grátis do Acordo Ortográfico, com o prof. André Gazola.

Seu e-mail não será divulgado.